Conetur apresenta projeto “Rotas Turísticas” durante cerimônia de premiação do “Viva Rondônia”

A Turismóloga do Sesc Camila Canova, a coordenadora de curso do Senac Hellen Oliveira de Menezes e a consultora executiva da Fecomércio, Cileide de Macedo, representaram o Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade do Estado de Rondônia (Conetur), na cerimônia de premiação dos concursos “Viva Rondônia” e “Meu Município, Minha Rondônia”, realizado na manhã desta terça-feira 20.12, auditório Jerônimo Santana, do Palácio Rio Madeira – PRM.

A cerimônia aconteceu durante a reunião do Conselho Estadual de Turismo e, na oportunidade, a consultora executiva representante do Conetur apresentou aos conselheiros o Projeto Rotas Turísticas, que é um trabalho de mapeamento de áreas potenciais para o desenvolvimento do turismo nos municípios de Ouro Preto D´Oeste, Ji-Paraná e Cacoal, um trabalho conjunto do Conetur, Setur, Sebrae, Semdestur e as prefeituras dessas cidades.

Outro projeto apresentado pelo Conetur foi a recente ação do “Corredor Cultural” realizada na Reserva Extrativista Lago do Cuniã/São Carlos, no início do mês pelo Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, também foi falado sobre o desenvolvimento do projeto-piloto de TBC – Turismo de Base Comunitária da Agrovila Rio Verde, situado na confluência dos rios: Jamari, Machado e Candeias.

“Mais uma parceria de sucesso entre a iniciativa privada com o poder público. Sem a participação das prefeituras e do Governo de Rondônia isso não seria possível. Hoje temos estudos, planejamento e execução de projetos turísticos em andamento. Ainda falta um pouco para chegarmos aonde queremos, mas certamente estamos construindo o alicerce de um grande projeto turístico futuro”, disse a representante do Conetur, Cileide de Macedo.

Na mesma reunião, todos os conselheiros do Consetur foram favoráveis a um encaminhamento feito pelo Conetur, que, na verdade, é um pedido ao Governador Marcos Rocha: a permanência do superintendente Gilvan Pereira na Setur e a transformação da superintendência em uma Secretaria de Estado capaz de ter autonomia financeira para a execução de grandes projetos necessários para o trade turístico de Rondônia.

Deixe seu coméntário