Conselho da Zona Franca aprova mais 29 projetos com geração de 492 novos empregos

Empreendimentos aprovados na terceira reunião do ano do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (CAS) terão investimento de R$ 461 milhões

Conselho de Administração da Suframa (CAS) aprovou, nesta quarta-feira (3), 29 projetos industriais, de serviços e agropecuários, totalizando investimentos superiores a R$ 461 milhões. Os projetos validados na 315ª reunião do CAS têm potencial para gerar 492 novos empregos na Zona Franca de Manaus, e alcançar um faturamento projetado superior a R$ 3,1 bilhões. Os projetos industriais e de serviços têm prazo de até três anos para implementação, enquanto os agropecuários têm um prazo de cinco anos.

Somando todos os projetos aprovados desde o início deste governo, as oito reuniões do CAS resultaram em 266 projetos para a Suframa, com previsão de 7.780 novos postos de trabalho e faturamento estimado em R$ 43,8 bilhões.

Presidindo a reunião do CAS, o secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Márcio Elias Rosa, destacou a agilidade do CAS de avaliar os projetos propostos dentro do prazo de 120 dias e ressaltou a importância do Centro de Bionegócios da Amazônia (CBA) para o desenvolvimento da região norte.

“Nós vamos ter grandes resultados. O CBA é uma grande promessa e a gente precisa torná-la realidade. É um dos principais instrumentos que o Governo Federal dispõe para, junto com as autoridades locais, tentar mudar um pouco a realidade econômica de toda a região”, ressaltou Elias Rosa.

Também participaram da reunião o superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, os conselheiros, autoridades políticas e representantes de entidades de classe também participarão do evento.

Projetos aprovados

Na reunião, foram aprovados 26 projetos industriais e de serviços, com destaque para a implantação da empresa Aço Forte Comércio de Ferro e Aço, para produção de laminado de ferro aço em fita, tira, chapa e “blanks”, com investimentos de R$ 47,56 milhões e criação de 20 novos empregos.

Outro projeto apontado na reunião foi o de diversificação/atualização da Wasion da Amazônia Indústria de Instrumentos Eletrônicos, com investimentos totais de R$ 23,94 milhões para fabricação de inversor solar fotovoltaico e geração de 28 novos empregos.

Além disso, também foram aprovados três projetos agropecuários, que totalizam o investimento de R$ 5,1 milhões. São dois projetos de bovinocultura e um de cultivo de guaraná e açaí.

Imagem: Internet

Fonte: gov.br/mdic/pt-br

The post Conselho da Zona Franca aprova mais 29 projetos com geração de 492 novos empregos first appeared on Portal do Comércio.

Faça seu comentário

Comments are disabled.