A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) parabeniza o Congresso Nacional pela grandeza de entender a necessidade de aprovar o Projeto de Lei (PL) nº 1.026/2024, que remodela o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse) ainda hoje (30/04), evitando a insegurança jurídica que poderia ser provocada. A CNC ressalta o importante papel do autor da proposta original do Perse, deputado estadual Felipe Carreras (PSB/PE), e das relatoras do PL  na Câmara dos Deputados, Renata Abreu (PODE/SP), e no Senado Federal, Daniella Ribeiro (PSD/PB), assim como de toda a classe política.

Desde a pandemia, a CNC atuou fortemente para a implantação do Perse como uma estratégia de reconstrução das atividades que foram atingidas pela crise econômica. Quando o Perse foi ameaçado de ser prematuramente extinto, a Confederação, os Conselhos e Câmaras de Turismo das Federações do Comércio de Bens, Serviços e Turismo dos Estados, o Senac, o Sesc e as mais diversas Associações e Federações ligadas ao setor de eventos foram a público contra a proposta.

Um estudo da CNC demonstra que a manutenção do Perse garante a injeção de até R$ 244 bilhões na economia nacional por ano. Nesse sentido, a luta pela permanência do programa, fundamental ao turismo, tornou-se vitoriosa por conta da importância do setor na economia e na vida das pessoas, gerando emprego, renda e desenvolvimento para todo o País.

Confira a atuação da CNC em defesa do Perse.

The post Manifestação da CNC sobre a aprovação do novo Perse pelo Senado first appeared on Portal do Comércio.

Faça seu comentário

Comments are disabled.