SISTEMA FECOMÉRCIO-RO PARTICIPA DO ‘SALÃO NACIONAL DO TURISMO’

Por meio do Sesc e Senac, o Brasil conheceu os atrativos da cultura e da gastronomia de Rondônia em Brasília

O Sistema Fecomércio-RO marcou presença no Salão Nacional do Turismo, realizado nos dias 15, 16 e 17 de dezembro, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. O evento marcou a retomada do setor turístico do País, e teve como objetivo principal mostrar a brasileiros e estrangeiros a diversidade dos atrativos turísticos do Brasil e toda a diversidade do nosso país.

As apresentações do Sesc e Senac de Rondônia ocorreram no domingo, último dia do evento. O Senac levou ao workshop um dos principais produtos da gastronomia do Estado, o peixe e o prato escolhido, foi o Ventrecha de Tambaqui ao molho de tambaqui, e salada de feijão Fradinho, preparado pela Chef Adriana Magnoler, cheff de cozinha do Senac-RO.

O Ventrecha de Tambaqui ao molho de tambaqui é um prato regional com forte apelo histórico e cultural, pois tem origem indígena e indica em seu preparo ingredientes e traços do modo de vida das comunidades da região. O tambaqui é um peixe típico da Região Amazônica e cada vez mais difundido no País e foi recentemente premiado como de Melhor Novo Produto de Foodservice, uma das maiores feiras de pescados da América do Norte, que aconteceu em Boston (EUA).
“Nossa missão não é apenas apresentar um prato típico da região, e sim fazer com que as pessoas tenham uma experiência gastronômica maravilhosa”, comentou a Chef Adriana Magnoler.

Para Suzana Furtado, colaboradora do Senac-DF, que provou o Tambaqui e ficou impressionada com o sabor do prato, “foi uma experiência única e estou maravilhada com o tanto que este prato é gostoso. Já tinha dez anos que eu não comia. Eu nasci em Brasília, mas já morei em Rondônia e quando eu provei, eu lembrei da minha infância. Memória afetiva é tudo. Só tenho mesmo que parabenizar a Chef e o Senac Rondônia”, disse Suzana Furtado.

O Sesc – Serviço Social do Comércio – em colaboração com a Superintendência Estadual de Turismo levou o grupo indígena Wagoh Pacob da etnia Paiter Suruí, o que demonstra a riqueza cultural dentro do Estado de Rondônia. Os Suruí desenvolvem atualmente um dos mais importantes projetos de etnoturismo em Rondônia, conhecido nacionalmente, por causa de seu empreendedorismo.
A diretora nacional de educação profissional do Senac – Departamento Nacional, Anna Beatriz Waehneldt, também foi ao Stand de Rondônia e deu às boas-vindas, além de parabenizar nossa representação e o estado de Rondônia.

Durante o evento, o Sesc, em colaboração com a Secretaria Estadual de Turismo (SETUR), contribuiu para a promoção da cultural local por meio de apresentações de danças, shows regionais, gastronomia e artesanato, reforçando os vínculos culturais e turísticos do Estado.

A coordenadora de Turismo Social do Sesc em Rondônia, Camila Canova, ressaltou a importância da apresentação do grupo musical/cultural indígena do Estado de Rondônia, Wagôh Pakob no evento.

Segundo os organizadores, passaram pelo Salão do Turismo, uma estimativa de 30 mil pessoas que visitarão os mais de 25m² de feira durante os três dias de evento.

Deixe seu coméntário